MARY e JAIRO
"Casal de Lobos"

 

Musica:MARY e JAIRO


Histórico:

-
02/11/2014 a 08/11/2014
-
07/09/2014 a 13/09/2014
-
03/08/2014 a 09/08/2014
-
13/07/2014 a 19/07/2014
-
27/04/2014 a 03/05/2014
-
20/04/2014 a 26/04/2014
-
08/12/2013 a 14/12/2013
-
24/11/2013 a 30/11/2013
-
27/10/2013 a 02/11/2013
-
06/10/2013 a 12/10/2013
-
29/09/2013 a 05/10/2013
-
08/09/2013 a 14/09/2013
-
07/07/2013 a 13/07/2013
-
30/06/2013 a 06/07/2013
-
24/02/2013 a 02/03/2013
-
25/11/2012 a 01/12/2012
-
18/11/2012 a 24/11/2012
-
28/10/2012 a 03/11/2012
-
07/10/2012 a 13/10/2012
-
29/07/2012 a 04/08/2012
-
24/06/2012 a 30/06/2012
-
10/06/2012 a 16/06/2012
-
27/05/2012 a 02/06/2012
-
15/04/2012 a 21/04/2012
-
08/04/2012 a 14/04/2012
-
01/04/2012 a 07/04/2012
-
25/03/2012 a 31/03/2012
-
11/03/2012 a 17/03/2012
-
26/02/2012 a 03/03/2012
-
19/02/2012 a 25/02/2012
-
12/02/2012 a 18/02/2012
-
29/01/2012 a 04/02/2012
-
22/01/2012 a 28/01/2012
-
01/01/2012 a 07/01/2012
-
25/12/2011 a 31/12/2011
-
11/12/2011 a 17/12/2011
-
04/12/2011 a 10/12/2011
-
27/11/2011 a 03/12/2011
-
20/11/2011 a 26/11/2011
-
13/11/2011 a 19/11/2011



Outros sites:

-
UOL - O melhor conteúdo
-
BOL - E-mail grátis


Votação:

-
Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog

Contador:

Créditos:
Html: Cristiny Online
Lay: Sandra

 

 
 

 




Olá Amigas(os)!


Este "Conto de Natal" que estou postando, foi escrito em homenagem à minha saudosa PIPINHA. Apesar de não ter nada a ver  com minha vida com ela! Mas, fala do "amor"entre animais e humanos.

O Menino  e seu Presente de Natal

 Era uma bairro simples, como muitos bairros de subúrbio. Crianças brincavam na rua, coisa que não se vê mais nos bairros mais nobres. Num campinho de futebol, meninos jogam bola, sem se importarem muito se não existe gramado ou não, jogam felizes naquele chão quente de terra. Chuteira era um luxo, que nenhum deles tinha! Porém, havia um sonho na cabecinha de todos aqueles meninos: um dia seriam jogadores famosos!
 E esta cena era vista quase que diariàmente: meninos correndo atrás de uma bola velha!
 Eles eram felizes, sim! Não tinham computadores, video-games, mas a felicidade estava sempre estampada em seus rostinhos.
 Dentre os diversos meninos, havia um de 8 anos, que era muito especial. Chama-se José, ou melhor, Zézinho como seus pais o chamavam.
 Zézinho era o mais velho de quatro irmãos. Seu pai era ajudante de pedreiro e  sua mãe lavava roupas pra fora. Quando sua mãe precisava sair
para pegar ou entregar as roupas que lavava, era ele que tinha que cuidar dos irmãos menores.
 Zézinho era um menino estudioso, ia sempre à escola na parte da manhã, queria ser jogador, mas também queria ser doutor.
 O Natal estava chegando, e ele sabia que nem sempre ganhavam presentes. Na maioria dos anos sua mãe trazia um panetone e alguns
brinquedos usados, que ganhava de suas freguesas de lavagem de roupas.
 Árvore de Natal não havia em sua modesta casa. Porém , o menino enfeitava uma pequena goiabeira que havia no também pequeno quintal, com
tudo que encontrava jogado fora pelas ruas. Haviam tampas de latas, pequenas garrafas plásticas de refrigerantes, tudo que encontrasse de diferente, decorava sua árvore de natal!
 Mas, o menino tinha um desejo! Desejava muito ter um cachorro para brincar, para ser seu amigo!
 Com a chegada do Natal, pediu a seu pai um cachorro, era tudo que sonhava! Mas, para sua decepção, seu pai negou! Seu pai dizia que eles já
eram pobres , e um cão seria mais uma boca pra alimentar!  Para o pai, o menino tinha que esquecer essa idéia boba de ter um cão!
 O menino chorou muito, pediu ao  Pai do Céu e ao Papai Noel  que fizessem seu pai mudar de idéia e deixasse ele ter um cachorro! Ele até
dividiria sua comida com o animal, mas era este o único presente de Natal que desejava!
 Na tarde do dia 24 de dezembro , sua mãe estava em casa assando um frango que tinha conseguido comprar para a singela ceia natalina e seus
irmãozinhos também estavam em casa com a mãe.  O pai ainda não havia chegado do trabalho, tinha esperança de trazer um dinheirinho extra pra completar as despesas da casa.
 Zézinho foi jogar bola com os coleguinhas, mas a tristeza vinha à sua mente , pois pensava à todo momento no cachorro , que tanto queria!
 Começou a chover , as crianças pararam o jogo e correram para suas casas. Menos Zézinho, que caminhou alguns metros e sentou de baixo de
uma árvore a chorar. A chuva caia e o menino chorava...
 Sua mãe  estava preocupada com a demora do menino, quando o marido chegou. Chovia muito...   O pai decidiu sair para procurar o menino ,
quando todos ouviram o estrondo de um raio, que provalmente havia caído próximo de onde moravam.
 E o raio , que todos haviam escutado , caiu justamente na árvore onde Zézinho estava sentado . O menino desmaiou... e naquele momento surgiu
um cão, e começou a lamber o rosto do menino! O cão lambia e latia... Latia muito...
 O pai que procurava pelo menino, ouviu os latidos do animal e foi até o local. Ao chegar , encontrou seu filho desmaiado , e o cão lambendo seu
rosto.
 O pobre homem, desesperado, carregou seu menino nos braços até um posto de saúde próximo. E o cão o seguiu, e não queria deixar o menino!
 Zézinho voltou a si, e teve que passar por alguns exames. O médico que o antendeu, disse ser um milagre o menino estar vivo e sem nenhuma
seqüela!
 Já era quase meia-noite, quando o menino foi liberado para ir para casa.  O pai pegou o menino nos braços, deu um forte abraço, o conduziu até
a porta e disse: "Aqui está está o presente que você tanto deseja! O seu salvador, o seu cão!"
 O menino nem acreditou no que ouviu e disse ao pai, que havia sonhado com aquele mesmo cachorro , lambendo seu rosto e latindo! E,
perguntou ao pai: "Posso mesmo levá-lo pra casa?!"
 E o pai, com um sorriso nos lábios, respondeu que se ele não tivesse dono, poderia ficar com ele!
 O menino percebeu que nunca tinha visto seu pai sorrindo, com a felicidade no rosto.
 E os três foram para casa... Aquele foi o melhor Natal daquele menino, pois ganhou o tão desejado presente! 

(By Mary Am)

Desde já um FELIZ NATAL à todos!

Que todos seus sonhos se realizem tb!

Bjinhossss,

MARY.


 
 



-
Postado por: Casal de Lobos às 20h57
[
] [ envie esta mensagem ]